A importância do Aprendizado da Língua e sua Cultura

Morando e estudando nos USA já há quase 3 anos, me fez rever e reforçar alguns conceitos sobre a importância de um ensino que integra cultura à aprendizagem de línguas. Sempre acreditei que uma língua não poderia ser desconectada do elemento cultural, mas hoje tenho plena certeza disso!

Muita gente estuda inglês uma vida inteira e chega o momento de uma viagem ou de qualquer experiência internacional, ou até mesmo para leitura mais avançada em seus estudos, se depara com a frustração de não entender quase nada. Falar inglês para Brasileiro entender é uma coisa, para realmente se comunicar e entender o que está escrito num jornal, numa revista, nos noticiários e em uma simples conversa num restaurante é outra coisa.

Até a lista de materiais escolares pode ser um desafio de vocabulário novo para muitos professores de inglês considerados bons professores no Brasil. Quando vi a lista de materiais dos meus filhos, precisei aprender para que precisavam de certas coisas lá, e o que era diferente não era a linguagem e sim a parte cultural.

A pronúncia, a malícia com a língua e expressões do dia a dia, são muitas vezes deixadas de lado em cursos de idiomas que não contemplam a cultura de onde essa língua vem. Jargões e expressões muitas vezes vêm de situações vividas por pessoas daquela cultura e quando não são ensinadas, não fazem sentido e acabamos não usando e quando viajamos ou precisamos entender o que nativos estão dizendo, a eficácia da nossa comunicação fica a desejar.

Seu livro de inglês e seu professor vão lhe trazer o menu e alguns vocabulários sobre comidas e você bate o olho no menu do happy hour e vê: CALL drinks, e se você foi não foi apresentado à cultura juntamente com a língua vai perder a oportunidade de um drink melhor por um preço menor e nem vai saber disso. Ou você vai receber a sua conta na mesa até mesmo antes de pedir a sobremesa e vai se sentir ofendido ou achar que foi mal atendido no lugar, quando essa é apenas uma diferença cultural pois você mal percebeu que o garçon já havia passado e perguntado: How’s everything tasting? algumas vezes antes de trazer a conta. Ou você pode estar em um ambiente social, até mesmo um barzinho, e fazer uma pergunta bem durante a fala de alguma pessoa e receber um olhar inquisitor… brasileiros falam todos juntos, e em alguns países isso não é aceitável (me esforço todos os dias para me adequar a essa regra aí…), enfim, são inúmeras as questões em que a cultura se mistura com a comunicação.

Esse ano, mais do que nunca, faremos essas inserções culturais em todos os níveis de nossos cursos para deixar nossos alunos por dentro de tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *